REPÓRTER NA RUA - Bombeiros salvam vaca atolada e urubu ferido em Santa Cruz


Bombeiros salvam vaca atolada e urubu ferido em Santa Cruz

19/06/2017 - 10:10:26
Por: REPÓRTER NA RUA

Uma ocorrência inusitada foi atendida pelo Corpo de Bombeiros de Santa Cruz do Rio Pardo na sexta-feira (16). Conforme acompanhou o REPÓRTER NA RUA, uma vaca ficou atolada em uma caixa cheia de massa de mandioca e precisou ser resgatada pelos socorristas. O caso que movimentou o setor do Corpo de Bombeiros do município foi nas proximidades do Parque São Jorge, na região do ribeirão conhecido como Pantanal. Os heróis do CB trabalharam por quase duas horas para realizar a retirada do animal. Segundo informações do COBOM, os socorristas foram acionados por volta das 11h30min para ajudar na retirada de uma vaca que estaria presa num buraco coberto por massa de mandioca. Por lá a equipe composta pelo Sargento PM Lindolfo, Soldado PM Haman e Soldado PM Monteiro, encontraram o animal atolado, impossibilitado de sair da vala. Para realizar o socorro do animal, os bombeiros precisaram pedir auxílio de um caminhão guincho da empresa Codesan, para ser possível erguer a vaca e literalmente 'desatolar' a leiteira. Após quase duas horas de trabalho minucioso, o animal foi retirado sem nenhum ferimento. (Veja nas fotos). Segundo relatos dos responsáveis pelo sítio, naquela manhã um caminhão havia descarregado a alimentação dos gados, sendo massa de mandioca e cevada, e eles ainda não teriam ido fechar a proteção da caixa de alimentação dos gados. "O animal ficou bastante assustado e cansado após cair lá. Tivemos que pedir ajuda dos soldados", disse um dos responsáveis pelo local.

 

Ainda na sexta-feira o Corpo de Bombeiros de Santa Cruz do Rio Pardo atendeu outra ocorrência de resgate de animal. Desta vez foi no centro da cidade, onde o solicitante pediu auxílio para retirar um Urubu que estaria no interior de um imóvel. Os socorristas do CB foram até a Rua Conselheiro Antônio Prado e encontraram a ave com a asa machucada e tiveram que resgatar o animal, que em seguida foi encaminhado para uma instituição responsável.

 

Atenção!

 

Os bombeiros recomendam que quando os moradores encontrarem algum animal preso, agressivo ou representando risco para si e para outras pessoas, a primeira medida é chamar a corporação, que conta com profissionais especializados para prestar o socorro. Evitando possíveis ferimentos nos populares e nos animais.

 

O Corpo de Bombeiros fica sempre a disposição através do telefone de emergência 193.

 

Parceiros

.

2010 - 2014 - Repórter Na Rua. Todos os direitos reservados