REPÓRTER NA RUA - Imprudência no trânsito causa grave acidente no centro de Santa Cruz do Rio Pardo


Imprudência no trânsito causa grave acidente no centro de Santa Cruz do Rio Pardo

15/05/2018 - 01:04:07
Por: REPÓRTER NA RUA

Velocímetro da moto travou  em exatos 70km/h em uma via que a velocidade permitida é de 30km/h. Colisão violenta destruiu os veículos e deixou um homem de 35 anos com ferimentos graves.

 

Um eletricista de 35 anos ficou ferido após um grave acidente no centro de Santa Cruz do Rio Pardo, na tarde desta segunda-feira (14). O homem sofreu diversas fraturas e precisou ser levado pela UTI Móvel do SAMU para a Santa Casa do município. Conforme acompanhou o REPÓRTER NA RUA, socorristas do SAMU - Serviço de Atendimento Móvel de Urgência - foram acionados por volta das 16h30min para intervir numa ocorrência de acidente de trânsito com vítima grave pelo cruzamento na Avenida Batista Botelho com a Rua Euclides da Cunha, próximo ao Supermercado Alvorada. Pelo local a equipe avançada do SAMU, sob a coordenação do médico Dr Jomarcos, encontraram um motociclista caído em cima do teto de um automóvel, com vários ferimentos pelo corpo, inclusive fraturas. Os socorristas tiveram bastante trabalho, mas com a ajuda de populares eles conseguiram imobilizar o homem e retira-lo de cima do carro. De acordo com testemunhas, o homem identificado como Tiago de Souza Ribeiro, morador do residencial Braúna, seguia pela Rua Euclides da Cunha com uma motocicleta Honda CBX 250 Twister, quando atingiu em cheio a lateral de um veículo VW Passat com placas de Manduri que seguia pela Avenida Batista Botelho. No automóvel estava a condutora, uma dentista de 43 anos, e a filha de 4 anos. Elas não se feriram. Segundo a médica dentista, ela teria respeitado o sinal de PARE e no momento certo tentou cruzar a Rua Euclides da Cunha, mas 'do nada' surgiu o motociclista em alta velocidade. "Ele veio muito rápido. Eu já estava quase terminando de cruzar a rua. Pegou em cheio na porta traseira do meu automóvel", disse a mulher moradora em Manduri. Com a violência do acidente, a motocicleta ficou completamente destruída e o carro também teve danos de grande monta na lateral. O homem que conduzia a moto precisou ser levado pela UTI Móvel do SAMU para a Santa Casa de Misericórdia, onde ficou sob cuidados médicos. Na moto, um detalhe chamou a atenção da Polícia Militar. Segundo consta, o velocímetro da motocicleta de 250 cilindradas travou em exatos 70km/h, sendo que segundo os policiais, a velocidade permitida na via é de 30km/h. "Provavelmente estava acima dos 80km/h. Geralmente o velocímetro diminui devido a desaceleração rápida da batida", afirmou um dos PMs que atendeu a ocorrência. O local foi periciado e os fatos foram registrados pela Polícia Militar e Civil de Santa Cruz do Rio Pardo.

 

Veja Também

 

Parceiros

.

2010 - 2014 - Repórter Na Rua. Todos os direitos reservados