Final feliz! Thor é encontrado uma semana após acidente em rodovia

10/07/2019 - 11:59:08
Por: REPÓRTER NA RUA

Cabeleireira sofreu acidente na rodovia SP-225, em Santa Cruz do Rio Pardo. Animal de estimação escapou da coleira pelo vidro estilhaçado e foi achado seis dias depois; mulher fez buscas e teve ajuda de cães farejadores.

 

 

A cabeleireira Elisa Meirelles passou quase uma semana de angústia após perder o cão de estimação em um acidente, quando capotou com o carro no dia 30 de junho no km 314 da rodovia João Batista Cabral Rennó (SP-225), em Santa Cruz do Rio Pardo.

A mulher, de 36 anos, teve apenas escoriações, mas entrou em desespero. Thor, seu vira-latas de quase três anos de idade, escapou da guia que estava presa ao cinto de segurança e fugiu pelas janelas do carro que tiveram os vidros estilhaçados.

Com isso, a moradora de Santos, que estava voltando para casa depois de ir para Campo Grande (MS), passou a semana na cidade atrás do animal. No sábado (6) ela recebeu a notícia mais esperada: Thor havia sido encontrado por um funcionário da Cart, a concessionária que administra a rodovia.

“Fiquei abrigada em casa de conhecidos de meus pais, que não queriam que eu ficasse por aqui [Santa Cruz]. Mas eu não conseguiria voltar para Santos sem ele [Thor] e fiz tudo o que estava ao meu alcance. Não ia voltar até encontrar. Ele está um pouco mais magro, mas está bem, graças a Deus ”, disse Elisa.

Para o funcionário que encontrou o animal, o reencontro foi emocionante.

"Ele [cão] estava bastante assustado e logo que me viu correu para dentro da viatura. Foi uma emoção para todos nós que nos envolvemos nesta história e presenciamos este reencontro”, disse Alexandre Silva, operado da concessionária que achou Thor.

Buscas

O telefonema pôs fim a uma verdadeira “operação de guerra” promovida pela dona de Thor. Além de ir para a pista da SP-225 todos os dias, nas proximidades onde seu carro havia capotado após ter um pneu estourado, Elisa ainda mobilizou moradores da cidade e as redes sociais com sua história.

Elisa conta que, além dos custos para se manter longe de casa por tanto tempo, chegou a contratar em Barueri uma equipe especializada em buscas, com cães farejadores.

"Os próximos passos, se o Thor não tivesse reaparecido, incluíam buscas com drones e com moradores da cidade, montados a cavalo, para conseguir adentrar na região de mata ao lado da pista. Ele está um pouco mais magro, mas está bem, graças a Deus", diz.

Amor

Segundo a cabeleireira, ela considera o caso atual como o segundo resgate na vida de Thor. Ela conta que o animal já havia sido resgatado nas ruas de Santos, ainda filhote, junto à sua mãe.

Na ocasião, o resgate foi feito por uma ONG de proteção animal da cidade litorânea e Thor acabou adotado por Elisa quando ele tinha cerca de três meses de idade. "Desde então, ele virou meu filho."

 

 

Veja Também

 

Parceiros

.

2010 - 2018 - Repórter Na Rua. Todos os direitos reservados