Mãe é presa após abandonar criança de dois meses para usar drogas

19/11/2019 - 13:14:16
Por: REPÓRTER NA RUA

Um bebê de aproximadamente dois meses foi resgatado pela Polícia Militar após ser localizado abandonado no bairro Bosque Lorenzetti em Santa Cruz do Rio Pardo, na manhã desta terça-feira (19). Conforme acompanhou o REPÓRTER NA RUA, a Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência, onde segundo a solicitante havia um bebê chorando desesperadamente no interior de um imóvel localizado na Rua Joaquim de Andrade, no bairro Bosque Lorenzetti 1, nas imediações da Escola Sesi. Imediatamente a equipe coordenada pelo Sargento PM Luiz Roberto foi direcionada ao local e por lá após pularem o muro da residência para verificar o que estava acontecendo, avistaram pela janela que havia um bebê enrolado em algumas cobertas, mas não havia adultos no imóvel. Com isso os policiais tiveram que invadir a residência pela janela do banheiro para resgatar a criança que estava chorando bastante, em uma situação lastimável. Na casa os policiais ainda encontraram sacola com carne podre, sujeiras pelo chão, além de uma televisão ligada com som alto, provavelmente afim de abafar o choro da criança. O Conselho Tutelar foi acionado e rapidamente compareceu para apoiar na ocorrência e dar atendimento necessário ao pequeno bebê. A ocorrência então foi encaminhada para a delegacia de Polícia Civil e o bebê foi encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), afim de ser medicado e passar por exames. Horas após o inicio da ocorrência, a Polícia Militar conseguiu localizar a mãe da criança de dois meses, vagando pela Vila Divinéia. Aparentemente sob efeito de drogas, a mulher identificada como Rosana Fermino de Paula, confessou aos policiais que havia abandonado o próprio filho por volta das 21 horas da noite da segunda-feira e saiu em busca de pontos de venda de drogas, já que ela é viciada em crack. Diante da confissão do abandono de incapaz, a mulher recebeu voz de prisão em flagrante e foi conduzida até a Central de Polícia Judiciária, onde foi elaborado o BOPC e em seguida a mesma foi despachada para a cadeia pública, onde aguardará por audiência de custódia. A criança foi acolhida pelo Conselho Tutelar e encaminhada para um abrigo de menores do município. A ocorrência agora seguirá sob responsabilidade da Polícia Civil e do Ministério Público.

 

A ocorrência foi atendida pelos policiais: Sargento Luiz Roberto, Cabo Gerian Faria, Cabo Oliveira, Soldado Mendonça e Cabo Venanzoni.

 

Veja Também

 

Parceiros

.

2010 - 2018 - Repórter Na Rua. Todos os direitos reservados