Homem é executado com seis tiros em Espírito Santo do Turvo

12/02/2020 - 22:44:58
Por: REPÓRTER NA RUA

Um homem foi executado com pelo menos seis tiros na manhã desta terça-feira (11) em um lava-rápido em Espírito Santo do Turvo. Conforme acompanhou o Repórter na Rua, Anderson Luiz Raimundo, vulgo 'Pretinho', estava em um estabelecimento comercial localizado na Avenida João Dias Júnior, quando três homens armados chegaram e efetuaram vários disparos com arma de fogo. A vítima foi atingida por disparos no joelho, pulsos, boca e peito; o homem chegou a ser socorrido para o Pronto Socorro de Espírito Santo do Turvo mas não resistiu e morreu minutos após. Todo o efetivo da Polícia Militar de Santa Cruz do Rio Pardo foi direcionado para apoiar a equipe da PM de Espírito Santo e um cerco foi feito na região. Rapidamente, com a união da Polícia Militar e Civil, os três assassinos foram identificados e em pouco tempo um deles foi preso em flagrante pelo crime. O VW Gol usado no homício também foi localizado e apreendido. Fabrício Silveira Gonçalves, que também é morador em Espírito Santo, não quis falar sobre o crime e disse que não sabia onde estava os outros envolvidos. O corpo da vítima foi recolhido pela empresa funerária Unividas e levado para o IML de Ourinhos. A Polícia Científica fez a perícia no local e um inquérito para investir o crime já foi instaurado pela Polícia Civil.

 

Suspeitas!

A vítima do homicídio era bastante conhecido dos meios policiais. Segundo informações, 'Pretinho' era tido como o lider do tráfico de drogas em Espírito Santo do Turvo. Ele inclusive havia saido da cadeia há pouco menos de um ano. O homem era suspeito de diversos homicidios na região, segundo a Polícia. A suspeita é que a morte tenha sido motivada por disputa de território no tráfico de drogas ou acerto de contas por alguma questão envolvendo o crime organizado. Os três envolvidos na execução também são alvos de diversas denúncias e já responderam por outros crimes. A Polícia acompanha o caso...

 

Veja Também

 

Parceiros

.

2010 - 2018 - Repórter Na Rua. Todos os direitos reservados