TROCA DE TIROS TERMINA COM TRÊS PESSOAS BALEADAS EM PIRAJU.
Faça sua Busca
Pesquisa de preços de Supermercados e Postos de Combustíveis atualizada em 24/07/2014.
  • TROCA DE TIROS TERMINA COM TRÊS PESSOAS BALEADAS EM PIRAJU.

  •    Postado em 16/11/2013 às 16:19:16

  •    Fotógrafo: da reportagem

  •    Fonte: da reportagem

  •      
FONTE: EXPRESSO PIRAJU/FOTO: Sergio Prates/ FOTO: Folha de Piraju

Assaltantes tentaram roubar uma joalheira na região central da cidade. Um dos bandidos foi atingido na perna. No início da noite de ontem, 14, três bandidos de Sorocaba assaltaram uma joalheria localizada na Rua Carlos de Campos, Centro. Segundo informações da Polícia Militar, os criminosos surpreenderam duas funcionárias no momento em que o estabelecimento estava sendo fechado. As vítimas foram trancadas em um cômodo da empresa. O crime foi registrado pelo circuito interno de monitoramento da joalheria. Quando a PM chegou no local, os bandidos recepcionaram os militares com tiros. Dois bandidos foram alvejados pela polícia e acabaram presos minutos depois. Um homem de 59 anos, morador do Bairro Codespaulo, foi atingido no olho. Ele estava a cem metros da joalheria. As últimas notícias apontam que a vítima está em estado grave na UNESP de Botucatu.
Durante a troca de tiros, uma viatura da PM e dois veículos foram atingidos. O terceiro criminoso rendeu uma família do Jardim Ana Cristina que estava dentro de um automóvel. De acordo com a polícia, o ladrão assumiu a direção do veículo e, mediante ameaça, conduziu as vítimas até o trevo de Itaí.

Nesse trecho da rodovia Raposo Tavares, o assaltante desembarcou do carro e, com arma para a cabeça de uma mulher de 53 anos, tentou roubar um caminhão. Como não conseguiu, ele manteve a vítima no acostamento. Depois de cinco minutos de negociação com a polícia, o bandido resolveu se entregar. Levi Alencar Machado, 26, Aparecido Mendes, 33, e Diego Franco Micarelli, 26, responderão em regime fechado pelo crime de roubo. O trio reside em bairros distintos de Sorocaba. Segundo a PM, Levi e Aparecido foram baleados. Eles estão hospitais da região, e não correm risco de morte. Já Diego foi levado para a Cadeia Pública de Sarutaiá.

APOIO
Uma mulher de 31 anos, moradora de Brasília, e uma menor de 15 anos, residente também em Sorocaba, foram abordadas na manhã desta sexta-feira, 15, atrás da Igreja de Nossa do Perpétuo Socorro, Conjunto Sergio Garcia. As duas disseram aos policiais que ganhariam uma quantia em dinheiro para participar da fuga dos bandidos. De acordo com a polícia, elas estavam esperando o desfecho do assalto para fugir com os bandidos. Dois dos criminosos têm relacionamento com as acusadas. A PM descobriu que os cinco iriam fugir numa Parati. O veículo estava parado desde ontem no acostamento da Rodovia Geraldo Martins de Souza. Segundo informações, o objetivo era abandonar o veículo usado no crime – um Renault, produto de furto em Sorocaba – e embarcar no outro carro, que pertence a um dos ladrões. As duas estão nesse momento prestando depoimento no plantão policial. Todos os objetos roubados pelos bandidos foram recuperados e devolvidos à joalheria.

MULHERES CONFESSAM PARTICIPAÇÃO NO ASSALTO A JOALHERIA EM PIRAJU.

De acordo com a PM, elas iriam ser recompensadas pelos bandidos.

Uma mulher de 31 anos, moradora de Sorocaba, foi presa por formação de quadrilha na manhã de ontem, 15. A prisão aconteceu na Rodovia Geraldo Martins de Souza.
Aparecida de Souza confessou participação no roubo que resultou em três pessoas baleadas no início da noite de anteontem.
O roubo aconteceu numa joalheria localizada na Rua Carlos de Campos, Centro. Dois bandidos foram e um morador do Bairro Codespaulo foram baleados. Segundo informações, apenas o morador corre risco de morte. Ele está internado em estado grave na UNESP de Botucatu. A vítima tem 59 anos. Aparecida estava esperando a quadrilha atrás da Igreja de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, Conjunto Sergio Garcia. Ela estava na companhia de uma menor de idade, também residente em Sorocaba. Segundo a polícia, as duas receberiam dinheiro para participar do crime. A polícia apreendeu uma Parati que seria usada na fuga dos bandidos. O veículo estava parado no acostamento da rodovia. Após prestar depoimento no plantão policial, Aparecida foi encaminhada para a Cadeia Pública de Pirajuí. A menor foi liberada ao Conselho Tutelar.

Foto

Foto

Foto

Foto

Foto
REPÓRTER NA RUA - © 2010-2013. Todos os direitos reservados