Falta de segurança em Ourinhos espelha a falta de trabalho de deputados e vereadores

07/03/2016 - 14:04:07
Por: Jornal Tablóide

Mortes e mutilações em rodovias e estupros semanais comprovam isso

A falta de representatividade política em Ourinhos tem sido o "calcanhar de Aquiles" do desenvolvimento, da Saúde, da Educação e, principalmente, da Segurança da população.

O "Corredor da Morte" na rodovia Raposo Tavares, também denominado "Rodovia da Vergonha" e "Trecho das Promessas", que engloba também a Rodovia Mello Peixoto, todos em Ourinhos, são locais palcos de dor e mortes nos arredores da cidade que também atinge o núcleo urbano, dentro da cidade, aterrorizando, humilhando e destruindo, da mesma forma, vidas humanas, agora também com estupros semanais, justamente por falta de trabalho e seriedade de nossos ditos "políticos", seres que se voluntariaram aos cargos de deputado e vereador, para bem representarem a população e defenderem os seus direitos, mas que não possuem vontade política ou de trabalho além da competência para exercerem os cargos.

Daí, com a falta de representatividade e de trabalho, sobrevém a desgraça sobre a população que tem que suportar essas barbaridades acometidas pela FALTA DE SEGURANÇA em vários setores da sociedade, impondo aos menos favorecidos humilhação, dor e mortes desnecessárias impunemente, sem que providências sejam tomadas para ao menos amenizar a dor das vítimas e dos familiares, pois vidas não retornam ao convívio assim como sequelas que permanecem até o final da existência do ser humano.

Até quando? Até quando nossos deputados e vereadores continuarão insensíveis ao desespero da população que os colocou nos cargos???

Não basta receberem os altos "salários" e todas as mordomias existentes? Querem mais? Mais poder, mais dinheiro, mais mordomias para resolverem ir à luta pelos direitos dos cidadãos?

Por volta de 04 horas do dia 06/março outra mulher, esta de 26 anos, foi brutalmente estuprada em Ourinhos, mais uma vítima da falta de segurança que impera, imposta aos pagantes de altos impostos, os mais caros do mundo. E os vereadores fizeram o quê?   Nada!!

Uma carona oferecida pelos ocupantes de um veículo VW CrosFox, de cor prata, na saída de um clube, foi o bastante para o crime. Ao deixarem a amiga em sua residência e partirem para a sua, o motorista do veículo, um rapaz de cor branca, aproximadamente 80 kgs, puxou de uma arma e sob ameaça de morte a conduziu até um local deserto e a estuprou, sem preservativo, enquanto outros dois observaram. Disse a vítima que dentro do veículo ainda tinha um taco de beisebol e um chapéu de palha.

Após o ato sexual forçado o criminoso disse que a deixaria em Chavantes, porém a deixou na Av. Domingos Camerlingo Caló, no Jardim Matilde, sendo certo que acionou a Polícia Militar que a conduziu a Santa Casa e após a medicação a encaminhou a CPJ onde foi registrado o Boletim de Ocorrência de Estupro, passando pelo Instituto Médico Legal para exames de praxe.

Esse terrível episódio também se soma, semanalmente, a outros que vêm ocorrendo na cidade que, infelizmente, se encontra abandonada pelos políticos, pelos vereadores que preferem contarem os buracos existentes na quadra de seus eleitores, pedirem a capina dos terrenos, colocarem nomes nas ruas e promoverem o maior número possível de vagas em cargos públicos, preenchendo-as com seus cabos eleitorais para que o povo aguente o pagamento desse verdadeiro cabidário inútil de empregos, "supostamente" existindo vereador com até 50 cargos em comissão sob sua responsabilidade, na maioria assinando o ponto no início e final da tarde, sem qualquer contrapartida óbvia ao Município de Ourinhos. De quase quatrocentos cargos em comissão contratados na Câmara e Prefeitura Municipal apenas metade possuem uma finalidade justificável, o que dobra os custos de manutenção da cidade de Ourinhos e nesse contexto dobram os impostos relativos cuja população paga com suor, lágrimas e sangue.

O que esperar de deputados e vereadores em Ourinhos?

Nas eleições de outubro a cidade tem a chance de restaurar um mínimo de dignidade no Legislativo ourinhense, não votando nos atuais vereadores, trocando-os a todos indistintamente. Quem sabe, possamos moralizar pelo menos em parte esse ninho de parasitas, trocando-os por novos parlamentares, mais dignos e sérios?

Ajudem nossos vereadores a trabalhar, nas eleições de outubro próximo, não votem mais neles!!!

 

Veja Também

 

Parceiros

.

2010 - 2014 - Repórter Na Rua. Todos os direitos reservados