REPÓRTER NA RUA - Prefeitura aciona instâncias competentes após denúncias de bailarinos contra a Associação do Bailado (APAB)


Prefeitura aciona instâncias competentes após denúncias de bailarinos contra a Associação do Bailado (APAB)

15/05/2017 - 11:20:53
Por: Assessoria

Após tomar conhecimento de diversas possíveis irregularidades que envolvem alunos que fazem parte da equipe profissional de balé de Ourinhos, a Prefeitura encaminhará  documentação às instâncias públicas competentes para apurar as denúncias que caem sobre alguns representantes da APAB (Associação de Pais e Amigos do Bailado) e professores do Bailado.

No último dia 26 de abril, a pedido de alguns pais de bailarinos, a administração municipal realizou uma reunião solicitando à APAB a prestação de contas referente ao repasse de R$ 36 mil feito pela Prefeitura no mês de fevereiro e outras doações que custearam a viagem da equipe de balé até a cidade de Nova York para participar do YAGP 2017 (Youth America Grand Prix) - evento internacional em que representaram Brasil e Ourinhos.

No encontro, representantes da APAB apresentaram apenas uma planilha com valores diversos, mas sem notas fiscais que comprovassem os gastos, não atendendo aos requisitos formais. Posteriormente, a APAB procurou a Prefeitura para fazer a entrega da documentação, que deixou dúvidas sobre os reais gastos durante a viagem, além de estar incompleta.

Outras reuniões foram marcadas para tentar solucionar a questão. Nesse período, alguns bailarinos procuraram a prefeitura para relatarem suas versões sobre a viagem e, em depoimentos, apontaram uma série de supostas irregularidades. A partir daí, a Prefeitura tomou conhecimento também das condições precárias que os bailarinos vindos de outras cidades se submetem, morando em uma residência no Jardim Paulista.

Segundo relatos desses bailarinos, que são provenientes de cidades de outros municípios, eles foram convidados por membros da APAB a integrar a equipe profissional de Ourinhos em troca de moradia e alimentação. No entanto, tais promessas não estariam sendo cumpridas.

Os dez jovens, sete meninos e três meninas, têm sobrevivido de doações e procuraram ajuda do poder público para encontrar uma solução para o problema. A Prefeitura de Ourinhos por sua vez, ao tomar conhecimento das possíveis irregularidades e das condições que esses jovens estão vivendo decidiu que encaminhará a documentação às instâncias competentes a fim de averiguar as denúncias feitas pelos bailarinos e detectar irregularidades na prestação de contas da viagem à Nova York.

Apesar de a manutenção da casa e do custeio de alimentação dos bailarinos ser de responsabilidade da APAB, a Prefeitura tem se disponibilizado a ajudar até que a situação seja resolvida. Quanto à APAB, a Prefeitura esclarece que não mantém mais nenhum vínculo com a entidade e que toda a produção das aulas de balé é de responsabilidade do Bailado Municipal de Ourinhos e é coordenada pela Secretaria Municipal de Cultura de Ourinhos. Sendo assim, as aulas continuam ocorrendo normalmente de acordo com a programação.

 

Parceiros

.

2010 - 2014 - Repórter Na Rua. Todos os direitos reservados