Casos de dengue na região alertam Saúde de Ourinhos; população precisa colaborar

05/03/2018 - 11:46:17
Por: assessoria

Nos dois primeiros meses do ano, 14 casos de dengue foram registrados em duas cidades localizadas em um raio de 30 Km de Ourinhos. As notificações preocupam o setor da Saúde do município, que pede auxílio da população no combate ao Aedes Aegypti, mosquito transmissor da doença. Levantamento feito pela Secretaria Municipal da Saúde revela que 90% dos focos do vetor estão nas residências, principalmente em pratos de vaso de flor, ralos e recipientes que acumulam água nos quintais.

         A participação dos moradores das residências no combate ao mosquito se torna ainda mais essencial devido à previsão do Ministério da Saúde de uma epidemia de dengue no Estado de São Paulo em 2018.

         “Os casos registrados nas cidades da região nos preocupa porque muitos habitantes desses municípios nos visitam diariamente e muitos ourinhenses trabalham nessas cidades. Esse tráfego pode nos trazer pessoas contaminadas que podem transmitir a doença para um número maior de moradores”, declara a Secretária da Saúde Cássia Palhas.

         Outra preocupação do setor da Saúde de Ourinhos é a confirmação do primeiro caso positivo de dengue. O paciente mora na Vila Christoni, mas trabalha com ambulância no transporte de pacientes de outras regiões. Esse fato impossibilita determinar se a doença foi contraída dentro de Ourinhos (autóctone) ou se foi importada. Outros dois casos suspeitos estão sob análise. Amostras de sangue dos pacientes foram enviados ao laboratório de referência, em Marília, e o resultado deve ser divulgado nas próximas semanas.

         Tanto no caso confirmado quanto nos suspeitos, foram realizados os procedimentos padrões. Agentes de Saúde realizaram o bloqueio – uma busca intensificada por criadouros do mosquito – e a nebulização de veneno em um raio de 300 metros a partir da residência dos pacientes e de seus locais de trabalho.

         “Precisamos mais do que nunca da população. Cada um precisa fazer sua parte, olhar vasos de planta, recipientes que possam acumular água, principalmente nesse período de chuvas. Apenas dez minutos são necessários. Essa ação simples pode salvar vidas e nos livrar de uma epidemia de dengue”, ressalta Cássia, lembrando que no ano passado apenas 14 casos da doença foram registrados em Ourinhos, cerca de 90% menos em relação a 2016.

 

Veja Também

 

Parceiros

.

2010 - 2014 - Repórter Na Rua. Todos os direitos reservados