Festival de música terá noite de espetáculos duplos e até atração internacional

28/06/2018 - 12:58:11
Por: assessoria

O 18º Festival de Música de Ourinhos traz este ano, artistas de renome nacional e internacional, além de noites com espetáculos duplos. De 15 a 20 de julho, o Teatro Municipal, a Praça Mello Peixoto, Concha Acústica e Ginásio Monstrinho recebem dez atrações de diversos estilos, desde o rock, funk, blues, choro e jazz até o tradicional forró pé de serra. O evento também oferece dezenas de cursos e workshops gratuitos de diversos instrumentos.

         “Preparamos um festival especial para receber público de Ourinhos, região e de todo o Brasil que vem prestigiar este renomado evento em nossa cidade”, fala o Secretário de Cultura, Rodrigo Donato.

         A abertura do 18º Festival de Música de Ourinhos será em grande estilo com apresentação do conjunto “Funk Como Le Gusta”. O show ocorre às 20h do dia 15 de julho, na Praça Mello Peixoto. O Funk Como Le Gusta é uma big band com mais de dez anos de estrada, formada por dez músicos, que mistura o black music com música latina e samba-rock com toques eletrônicos.

         O grupo já se apresentou mais de mil vezes pelo Brasil e tocou com grandes nomes da música, como Jorge Ben Jor, Fernanda Abreu, Zeca Baleiro, Ed Rock, Seu Jorge, Armandinho, Thaíde, Zélia Ducan, Tom Zé, Nação Zumbi, Negra Li, entre outros.

         PROVETA & PENEZZI

         No dia 16 ocorrem duas apresentações no Teatro Municipal. Às 20h sobe ao palco a dupla Proveta & Penezzi, dois grandes instrumentistas brasileiros. Alessandro Penezzi é considerado como um dos violonistas mais impressionantes da atualidade com temas gravados por artistas como Yamandú Costa (Dayanna), Beth Carvalho (Acabou a Brincadeira) e Danilo Brito (Abraçando). O clarinetista, compositor e maestro Nailor Proveta esteve ao lado de artistas como Milton Nascimento, Gal Costa, Edu Lobo, Raul Seixas, Natalie Cole, Ray Conniff, Sadao Watanabe, dentre tantos outros.

         4 ACTION

         Na sequência, às 21h30, se apresenta o grupo 4Action, um projeto instrumental formado pelos músicos Alexandre Aposan, Felipe Andreoli, Roger Franco e Sydnei Carvalho. A banda se propõe a reunir o melhor de vários mundos em um projeto único e inovador, capaz de “mover a alma, o intelecto e o coração do ouvinte a patamares ainda inexplorados.”

         PROJETO UNKNOWN

         A dupla apresentação do dia 17 de julho, no Teatro Municipal, começa às 20h com o Projeto Unknown, banda que nasceu da união dos músicos Djalma Lima (guitarra), Gustavo Bugni (piano), Bruno Migotto (contrabaixo) e Cuca Teixeira (bateria) em torno das idéias de liberdade, identidade e criatividade musicais. Apesar da sólida formação jazzística de seus integrantes, o projeto busca ficar livre em relação à rótulos. Isso pode ser percebido nas composições, na liberdade timbrística presente em sua sonoridade e também na forma como os músicos re-interpretam suas composições a cada nova apresentação.

         BETO CORREA QUINTETO

         Às 21h30 sobe ao palco o Beto Correa Quinteto composto pelos músicos Beto Correa (piano e acordeon), Neymar Dias (viola caipira e guitarra), Sidiel Vieira (baixo acústico), Rodrigo Ursaia (sax e flauta) e Cleber Almeida (bateria e percussão), que executam composições brasileiras e o jazz, em composições que fundem a música moderna e a tradicional, passeando por diversas vertentes.

         DINHO NOGUEIRA & ZÉ BARBEIRO

         No quarto dia de Festival, o show das 20h, no Teatro Municipal será de Dinho Nogueira & Zé Barbeiro. A dupla explora composições próprias além de do choro e o samba de grandes mestres brasileiros como Jacob do Bandolim e Pixinguinha.

         PATIFE BAND

         A segunda apresentação da noite, às 21h30 será do Patife Band, projeto do musico e compositor Paulo Barnabé, com influência das técnicas de composição erudita contemporânea e hard-rock, onde surgem ritmos assimétricos, células atonais e séries dodecafônicas. Há também assumida influência de punk rock, do jazz e de ritmos brasileiros.

         DUO BLOES

         No dia 19, o Festival será aberto pela dupla erudita de flauta e piano Duo Bloes,  formada pelos irmãos Cristiane Bloes e Otávio Bloes. Com vasta experiência no repertório camerístico a apresentação que ocorre às 20, no Teatro Municipal, deve enfocar obras de compositores brasileiros.

         BLUES BROTHERS

         A atração internacional The Blues Brothers encerra a noite do dia 19, com apresentação ás 21h30 na Concha Acústica da Praça do Caló. A banda com a base titular composta por músicos norte-americanos que ficou reconhecida no filme homônimo, foi formada em 1978 e passou por diversas formações até então. O repertório composto pelo rhythm and blues contagiante promete agitar o público.

         SINHA FLOR

         O Trio Sinhá Flor, conjunto de forró renomado no Brasil e exterior encerra o 18º Festival de Música de Ourinhos se apresentando no Arraiá dos 100 Anos de Ourinhos, que será promovido pela Prefeitura dia 20 de julho, no estacionamento do Ginásio Monstrinho. A festa organizada pelas Secretarias de Esporte e da Cultura terá as tradicionais barracas típicas de festa junina, atrações para as crianças e ainda números de dança apresentados pelo corpo da Escola Municipal de Bailado. A programação aberta ao público de todas as idades começa a partir das 20h. A expectativa é receber cerca de 1.500 visitantes.

         O Trio Sinhá Flor é formado por Carol Bahiense (triângulo, sanfona e voz), Cimara Fróis (sanfona e voz) e Talita del Collado (zabumba, violão, flautas, percussão e voz). No repertório estão, além do Rei do Baião, outros grandes mestres da música nordestina e da MPB, como Gilberto Gil, Dominguinhos, Chico Buarque, Sivuca, Jackson do Pandeiro, Hermeto Pascoal e Milton Nascimento.

         Segundo o Secretário de Cultura, Rodrigo Donato, o evento terá ainda  apresentação dos bailarinos de Ourinhos.

         “A Escola de Bailado também fará uma dança interativa envolvendo os participantes na apresentação, além de outras surpresas que teremos. Neste dia, será o encerramento do Festival de Música 2018, então, esperamos tornar esse evento um dia especial para todos”, conta.

         WORKSHOPS

         O 18º Festival de Música de Ourinhos oferece de forma totalmente gratuita 18 workshops de instrumentos musicais e técnica vocal. As inscrições podem ser feitas no local das demonstrações, no Centro Cultural, entre os dias 16 e 19 de julho. 

         OFICINAS

         Também no Centro Cultural, entre os dias 16 e 19 de julho, ocorrem as oficinas de repertório, baixo, bateria, guitarra, piano, percussão, acordeão, musicalização, saxofone, prática de choro, violão, cordas, canto, trombone, cavaquinho e viola. 

 

Veja Também

 

Parceiros

.

2010 - 2014 - Repórter Na Rua. Todos os direitos reservados