MINISTÉRIO PÚBLICO AJUÍZA AÇÃO CONTRA FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS, QUE IRÃO RESPONDER POR PECULATO E FORMAÇÃO DE QUADRILHA.

10/07/2018 - 16:02:27
Por: WWW.REPORTERNARUA.COM.BR

O Ministério Público, através da Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social de Ourinhos, ajuizou ações de improbidade administrativa e criminal em relação a vários funcionários públicos de Salto Grande/SP, que teriam recebido da Santa Casa daquele município sem que efetivamente prestassem serviços como médicos do citado hospital. Pagamentos esses feitos através da verba denominada subvenção, que é repassada mensalmente pela Prefeitura Municipal a Santa Casa, para prestação de serviços médicos à população. Isso teria ocorrido entre 2014 a 2015. São citados na ação o ex-Prefeito de Salto Grande, Dirceu Feltrin, a ex-Diretora de Saúde de Salto Grande e atual Secretaria de Saúde de Ourinhos Cássia Cristina Borges Palhas, os médicos Dr. Jadir Grilo, Dr. Paulo Leonel Ribeiro Júnior, Dr. Ricardo Padilha Rigoldi e Dr. Walter Toshiuki Ezaki. Os fatos foram levados ao conhecimento do Ministério Público por uma ex-funcionária da Santa Casa de Salto Grande, a qual na época, atuava junto a área administrativa do hospital, que revoltada com a referida situação, consistente em diversos pagamentos as pessoas que não prestavam serviços no hospital, o qual é deficitário. O Ministério Público após várias diligências, no mês passado, ingressou com as ações competentes. Na área criminal irão responder por peculato e formação de quadrilha. Já na esfera cível, por improbidade administrativa.

Fonte: Site TJ/SP.

REPÓRTER NA RUA - AQUI A GENTE PRODUZ!

 

Veja Também

 

Parceiros

.

2010 - 2014 - Repórter Na Rua. Todos os direitos reservados