Número de multas cai em 36% em Ourinhos; só motorista infrator é autuado

06/09/2018 - 12:08:49
Por: assessoria

Dados do Departamento Municipal de trânsito revelam que o número de autuações por excesso de velocidade registrado pelos oito radares fixos de Ourinhos caiu 36% em relação ao ano passado. De janeiro a agosto de 2017 foram 15.317 multas, contra 9.785 registradas no mesmo período deste ano. Só motoristas infratores são autuados. Ourinhos desativou em março de 2017 os dois radares móveis que operavam cada dia em um ponto diferente da cidade.

O Agente Administrativo e Secretário da JARI (Junta Administrativa de Recursos de Infrações), Edilberto Aparecido Ribeiro, destaca que o número de multas caiu mesmo após a instalação de três novos radares fixos em fevereiro deste ano, o que demonstra maior conscientização por parte da população, ao mesmo tempo, que as autuações são aplicadas apenas em motoristas que descumprem a legislação.

O radar com maior índice de flagrante de infração por excesso de velocidade é o da rua Duque de Caxias, próximo ao Centro Cultural Tom Jobim, que registrou nos oito primeiros meses deste ano 4.622 autuações, seguido do equipamento instalado na Rua do Expedicionário, próximo ao Ginásio Monstrinho, com 1.231 multas.

“Pouco tempo antes da instalação do radar da Duque de Caxias, próximo ao Asilo, nós tivemos um grande número de acidentes registrados naquele trecho mesmo com o radar que já funcionava próximo ao Centro Cultural, o que nos fez entender que faltava conscientização da população sobre a importância de dirigir com prudência. Ali há três escolas, uma movimentação intensa de crianças e jovens, o que deveria ser suficiente para os motoristas, mesmo sem uso de equipamentos fiscalizadores, terem mais cautela e cuidado na direção”, ressalta.

 

Os radares fixos de Ourinhos funcionam nas seguintes localidades:

 

Rua Duque de Caxias, 537

Rua Duque de Caxias, 1037

Rua do Expedicionário, 1.721

Rua Hermínio Joaquim dos Remédios, 305

Rua José Bonifácio, 196

Avenida Altino Arantes, 777 (ambos os lados)

Avenida Luis Saldanha Rodrigues, 1.800.

        

   

Dados do Departamento Municipal de trânsito revelam que o número de autuações por excesso de velocidade registrado pelos oito radares fixos de Ourinhos caiu 36% em relação ao ano passado. De janeiro a agosto de 2017 foram 15.317 multas, contra 9.785 registradas no mesmo período deste ano. Só motoristas infratores são autuados. Ourinhos desativou em março de 2017 os dois radares móveis que operavam cada dia em um ponto diferente da cidade.

O Agente Administrativo e Secretário da JARI (Junta Administrativa de Recursos de Infrações), Edilberto Aparecido Ribeiro, destaca que o número de multas caiu mesmo após a instalação de três novos radares fixos em fevereiro deste ano, o que demonstra maior conscientização por parte da população, ao mesmo tempo, que as autuações são aplicadas apenas em motoristas que descumprem a legislação.

O radar com maior índice de flagrante de infração por excesso de velocidade é o da rua Duque de Caxias, próximo ao Centro Cultural Tom Jobim, que registrou nos oito primeiros meses deste ano 4.622 autuações, seguido do equipamento instalado na Rua do Expedicionário, próximo ao Ginásio Monstrinho, com 1.231 multas.

“Pouco tempo antes da instalação do radar da Duque de Caxias, próximo ao Asilo, nós tivemos um grande número de acidentes registrados naquele trecho mesmo com o radar que já funcionava próximo ao Centro Cultural, o que nos fez entender que faltava conscientização da população sobre a importância de dirigir com prudência. Ali há três escolas, uma movimentação intensa de crianças e jovens, o que deveria ser suficiente para os motoristas, mesmo sem uso de equipamentos fiscalizadores, terem mais cautela e cuidado na direção”, ressalta.

Os radares fixos de Ourinhos funcionam nas seguintes localidades:  

Rua Duque de Caxias, 537

Rua Duque de Caxias, 1037

Rua do Expedicionário, 1.721

Rua Hermínio Joaquim dos Remédios, 305

Rua José Bonifácio, 196

Avenida Altino Arantes, 777 (ambos os lados)

Avenida Luis Saldanha Rodrigues, 1.800.              

Dados do Departamento Municipal de trânsito revelam que o número de autuações por excesso de velocidade registrado pelos oito radares fixos de Ourinhos caiu 36% em relação ao ano passado. De janeiro a agosto de 2017 foram 15.317 multas, contra 9.785 registradas no mesmo período deste ano. Só motoristas infratores são autuados. Ourinhos desativou em março de 2017 os dois radares móveis que operavam cada dia em um ponto diferente da cidade.

O Agente Administrativo e Secretário da JARI (Junta Administrativa de Recursos de Infrações), Edilberto Aparecido Ribeiro, destaca que o número de multas caiu mesmo após a instalação de três novos radares fixos em fevereiro deste ano, o que demonstra maior conscientização por parte da população, ao mesmo tempo, que as autuações são aplicadas apenas em motoristas que descumprem a legislação.

O radar com maior índice de flagrante de infração por excesso de velocidade é o da rua Duque de Caxias, próximo ao Centro Cultural Tom Jobim, que registrou nos oito primeiros meses deste ano 4.622 autuações, seguido do equipamento instalado na Rua do Expedicionário, próximo ao Ginásio Monstrinho, com 1.231 multas.

“Pouco tempo antes da instalação do radar da Duque de Caxias, próximo ao Asilo, nós tivemos um grande número de acidentes registrados naquele trecho mesmo com o radar que já funcionava próximo ao Centro Cultural, o que nos fez entender que faltava conscientização da população sobre a importância de dirigir com prudência. Ali há três escolas, uma movimentação intensa de crianças e jovens, o que deveria ser suficiente para os motoristas, mesmo sem uso de equipamentos fiscalizadores, terem mais cautela e cuidado na direção”, ressalta.

Os radares fixos de Ourinhos funcionam nas seguintes localidades:  

Rua Duque de Caxias, 537

Rua Duque de Caxias, 1037

Rua do Expedicionário, 1.721

Rua Hermínio Joaquim dos Remédios, 305

Rua José Bonifácio, 196

Avenida Altino Arantes, 777 (ambos os lados)

Avenida Luis Saldanha Rodrigues, 1.800.                     

                        

 

Veja Também

 

Parceiros

.

2010 - 2014 - Repórter Na Rua. Todos os direitos reservados