5ª Pedalada Contra as Drogas espera mais de 1 mil pessoas em Ourinhos

07/11/2019 - 03:34:32
Por: assessoria

Tradicional na cidade, evento promovido pelo Centro de Ressocialização será realizado no dia 9 de novembro

Marcus Liborio – CRN

O Centro de Ressocialização (CR) de Ourinhos promove, no próximo dia 9 de novembro (sábado), a 5ª Pedalada Contra as Drogas, com saída às 9h do Ginásio Monstrinho. A organização do evento espera reunir mais de 1 mil participantes, entre ciclistas, pedestres e motociclistas.

A caminhada e pedalada seguirá pela avenida dos Expedicionários até a praça Mello Peixoto, onde será realizado um sorteio de bicicletas e diversos brindes.

Com foco na prevenção e conscientização dos malefícios causados pelas drogas, principalmente em crianças e adolescentes,o evento já virou tradição na cidade e vem atraindo, a cada ano, um maior número de participantes, destaca a diretora do CR de Ourinhos, Adriana Silene LogerfoPuglerino.

SOLIDARIEDADE

Os primeiros 300 participantes que chegarem ao Ginásio Monstrinho no dia da pedalada poderão trocar dois litros de leite por uma camiseta. Toda arrecadação será revertida para instituições filantrópicas do município.

Nos dias que antecedem o evento, serão realizadas diversas palestras de conscientização às drogas em escolas do município para adolescentes e jovens.

QUEM FAZ

O projeto foi idealizadopelo Agente de Segurança Penitenciária (ASP) Nivaldo dos Santos, que atua na Penitenciária de Assis, e é realizado em Ourinhos pelo Centro de Ressocialização e também pelo vereador da cidade Alexandre Dauage.

O evento conta com apoio da Prefeitura e Câmara, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Tiro de Guerra, Associação Amor Exigente, secretarias municipais da Educação, Saúde e Esporte, além de empresários e comunidade.

Até o momento, já confirmaram presença na 5ª Pedalada Contra as Drogasos grupos de ciclistas “X- Pebas” e “Elas nas Magrelas”, a equipe de motociclistas “Mike Maluco” e a escola de futebol “Chuteirinha de Ouro”.

 

Veja Também

 

Parceiros

.

2010 - 2014 - Repórter Na Rua. Todos os direitos reservados