Rússia deixará acordo que amenizou restrições de viagens a diplomatas dos EUA

Terra 02/06/2021 - 10:35:37 Mundo

A Rússia planeja anunciar sua saída iminente de um acordo pós-Guerra Fria com os Estados Unidos que amenizou restrições a diplomatas que viajam pelos respectivos países, disse o vice-ministro russo das Relações Exteriores nesta quarta-feira.

O memorando de entendimento de 1992 sobre "terras abertas", assinado após o colapso soviético, concordou em eliminar áreas fechadas nos respectivos territórios e permitir que os respectivos diplomatas viajem sem pedir permissão.

Continua depois da Publicidade

"Uma ordem do governo repudiando o memorando da Rússia sobre terras abertas está a caminho", disse Sergei Ryabkov, segundo a agência de notícias Tass.

O chanceler russo, Sergei Lavrov, assinalou a medida em abril como parte do pacote retaliatório de Moscou contra Washington depois que os EUA expulsaram 10 diplomatas russos devido a uma suposta interferência eleitoral e outras ações mal-intencionadas.

Os laços da Rússia com o Ocidente estão altamente tensionados devido à prisão de Alexei Navalny, um crítico do Kremlin, movimentações militares perto da Ucrânia e alegações de invasões cibernéticas russas, entre outras questões.

O presidente russo, Vladimir Putin, e o presidente norte-americano, Joe Biden, devem se encontrar para uma cúpula em Genebra no final deste mês.

Na segunda-feira, Ryabkov disse que seu país enviará o que descreveu como sinais "incômodos" aos EUA nos próximos dias.

Fonte: Terra

Publicidade

Mais Acessadas da Semana

Parceiros