Testei positivo 43 vezes: o caso de Covid-19 mais longo do mundo

G 1 05/07/2021 - 17:14:26 Mundo

Dave Smith, do Reino Unido, ficou 290 dias infectado, durante os quais perdeu 63 kg e chegou a se despedir de familiares.

Um britânico de 72 anos teve o caso mais longo de Covid-19 já registrado no mundo.

Continua depois da Publicidade

Dave Smith, que é instrutor de autoescola e músico nas horas vagas em Bristol, no oeste da Inglaterra, contraiu a Covid-19 em março de 2020.

Mas ele não esperava o que estava por vir.

Dave testou positivo para a doença 43 vezes e só se curou 290 dias depois da infecção.

"Todos os testes davam positivo. Uma semana depois, positivo. Rezava para que o próximo fosse negativo, mas nunca era", conta ele à BBC.

Quando contraiu a doença, seu sistema imunológico estava vulnerável por causa de um tratamento quimioterápico para tratar leucemia.

Dave afirma que, nesses dez meses com a Covid-19, foi parar no hospital sete vezes. Ele conta ter perdido 63 kg durante o tempo em que teve a doença.

"Uma vez eu tossi por 5 horas sem parar. Não falo de tossir, parar, tossir, parar. Mas de tossir, tossir e tossir sem parar, por 5 horas. Consegue imaginar o cansaço que isso causa ao seu corpo?", relata.

A situação fez Dave e sua esposa, Lynda Smith, pensar que ele não sobreviveria.

Dave conta que chegou a se despedir da família.

"Fiquei resignado. Liguei para minha família, fiz as pazes com todos e me despedi. Fiz uma lista com as músicas que queria que tocassem em meu velório", diz ele.

A melhora só veio ao fim de 10 meses de sofrimento. Dave foi tratado com um coquetel de remédios antivirais cedidos pela empresa americana Regeneron.

Quando recebeu a ligação de que havia testado negativo, ele não acreditou.

Publicidade

Mais Acessadas da Semana

Parceiros