O que se esconde debaixo dos nossos lençóis mesmo quando parecem limpos?

G 1 02/08/2021 - 03:57:58 Diversos

A combinação de suor, saliva, caspa, células cutâneas mortas e até partículas de comida fazem que a sua cama seja um ambiente fértil para o desenvolvimento de germes como bactérias, fungos, vírus e até pequenos insetos.

Nada como chegar ao fim de um longo dia, jogar-se na cama e, finalmente, colocar a cabeça no travesseiro. Mas, antes que você fique muito confortável, talvez seja bom saber que os seus lençóis não são muito diferentes de uma placa de Petri, aquele recipiente de vidro dos laboratórios.

Continua depois da Publicidade

A combinação de suor, saliva, caspa, células cutâneas mortas e até partículas de comida fazer com que esse seja um excelente ambiente para o desenvolvimento de uma grande quantidade de germes como bactérias, fungos, vírus e até pequenos insetos.

Aqui, listamos apenas algumas das coisas que se escondem embaixo de nossas cobertas.

Bactérias

Nossas camas podem abrigar uma ampla variedade de espécies bacterianas. Quer um exemplo? Estudos que analisaram as roupas de cama em hospitais descobriram que as bactérias estafilococos eram presença comum nelas.

Tipicamente inofensivas, essas bactérias podem causar doenças sérias se entrarem no corpo através de uma ferida aberta.

E alguns tipos de estafilococo podem ser mais nocivos que outros. 

É o caso do Staphylococcus aureus, que é bastante contagioso e pode agravar a acne e causar infecções cutâneas e pneumonia.

Esse grupo de micro-organismos representa um sério risco à saúde, já que eles são altamente resistentes aos antibióticos e podem causar infecções graves, incluindo diarreia, infecções urinárias, pneumonias, meningite e septicemia (infecção generalizada).

É claro que os hospitais são locais bastante diferentes de nosso ambiente doméstico. Isso não quer dizer, no entanto, que não seja possível encontrar essas bactérias nas nossas camas.

Na realidade, mais ou menos um terço da população carrega o Staphylococcus aureus em seu organismo e pode disseminá-lo com bastante facilidade - o que inclui a transferência dessas bactérias para seus lençóis.

Insetos 

Sua pele solta cerca de 500 milhões de células mortas enquanto você dorme, todos os dias. Esses pedacinhos de pele podem atrair ácaros microscópicos que, por sua vez, são responsáveis por causar alergias e até asma.

Toda a roupa de cama deve ser lavada em temperaturas de médio a altas (entre 40 ºC e 60 ºC) para matar efetivamente todos os germes, uma a duas vezes por semana. 

Publicidade

Mais Acessadas da Semana

Parceiros