Nilce pede fim dos rojões barulhentos também em celebrações religiosas

Assessoria 03/08/2021 - 19:42:27 Diversos

Foi sancionada no dia 28/07/2021 a Lei 17.389/2021, que proíbe a queima, soltura, comercialização, armazenamento e transporte de fogos de artifício e de artefato pirotécnico de estampido no estado de São Paulo. A proibição se aplica a recintos fechados, ambientes abertos, áreas públicas e locais privados. A multa aos infratores pode ficar entre R$ 4,3 mil e R$ 11,6 mil. Fogos que produzem efeitos visuais sem estampidos podem continuar a ser utilizados e comercializados.

Continua Após Publicidade

A protetora dos animais e vereadora Nilce Araújo é defensora de leis que coíbam os maus tratos de animais. "Há muito tempo os protetores de animais reivindicam uma lei que proíba definitivamente, em todo e qualquer evento, rojões com estampido (barulho). Essa forma de comemoração é cruel com acamados, idosos, recém nascidos e animais. Já passou do tempo de darmos um basta nisto.", enfatizou.

Durante reunião com o Bispo Dom Eduardo Vieira dos Santos, ocorrida na quarta-feira 28/07, 1 (um) dia antes da sanção da Lei Estadual contra os rojões, entre os assuntos abordados, Nilce destacou a solicitação do fim da soltura de rojões com estampido nas celebrações religiosas. "Fui muito bem recebida pelo Bispo Dom Eduardo. Conversamos sobre projetos voltados à causa animal e também sobre a questão dos rojões barulhentos. Solicitei a ele que oriente os fiéis a não utilizarem mais este tipo de artefato tão agressivo aos ouvidos das pessoas e dos animais".
 

Publicidade

Mais Acessadas da Semana

Parceiros